Palavra Pastoral Julho de 2017 - Boletim Figueira: Edição 219

    
Forjando uma vida

Esta expressão forjar, que significa moldar, modelar, é bem antiga e nos lembra principalmente metais, sendo colocados em fornalhas para depois serem trabalhados, esculpidos, de modo a lhes dar forma e utilidade.

Ao lembrarmos da palavra de Deus que nos orienta a formação de uma vida, vemos alguns textos que nos levam a pensar, refletir e procurar colocar em prática. Um deles é Provérbios 22:6: Ensina a criança no caminho que deve andar, e ainda quando for velho não se desviará dele. Nesse texto, mostra-se o trabalho que a família, a igreja, isto é, que todos podem fazer para forjar um caráter cristão no ser humano.

Assim, ao ensinarmos aos pequenos os princípios, nós os estamos preparando para ter uma vida reta e em comunhão com o Criador.

O valor de ensinar a criança é de que ela aprende rapidamente e passa a ter convicções para poder desenvolver urna vida cristã abençoada. Da mesma maneira, cada um de nós deve colocar-se, como alunos, aprendizes, discípulos do Mestre, e aprender Dele diariamente, para que nosso interior seja transformado, dia a dia na sua presença.

Disse Jesus: Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração e achareis descanso para vossas almas, porque o meu jugo é suave e o meu fardo leve. (Mateus 11.29,30). Ao entregarmos nossa vida em Suas mãos, nós nos colocamos a disposição do Senhor em sermos trabalhados por Ele.

Moldar, forjar nosso caráter no aprendizado cristão, para podermos servir ao nosso próximo, e estabelecer nosso relacionamento cumprindo o mandamento de "amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo" é o que devemos buscar.

Isso porque a vida cristã é um aprendizado constante. Assim, seguimos dia a dia tendo uma comunhão com Ele, através das orações, da leitura da palavra de Deus, dos testemunhos e das experiências que passamos, para nos tomarmos melhores cristãos. Para isso, temos o Espírito Santo que nos dirige e nos ensina. Ele quer que sigamos seus exemplos de acolher, de aliviar o fardo pesado do nosso semelhante, daquele que perdeu a esperança, de ser tolerante, esquecendo nossos interesses, e de ser humilde.

Portanto, devemos servir a todos com alegria e singeleza de coração, como vemos no livro de Atos dos Apóstolos, no início da igreja, a atuação de nossos primeiros irmãos que foram aprendendo aos pés do Senhor.

Estamos aprendendo dia a dia. Que continuemos assim, nessa caminhada rumo à eternidade, sendo forjados pelo Senhor a sermos discípulos fiéis e obedientes. Só assim alcançaremos a nossa vitória final!

 

Anips Spina - Pastor Titular
Igreja do Nazareno de Valinhos

 

 
 
Pessoas No momento existem 130 visitantes no site.

Resolução mínima de 1024x768 © Copyright 2000-2010 - Igreja do Nazareno de Valinhos
 

Igreja do Nazareno de Valinhos
Rua Pedro Álvares Cabral, 383 ( ver mapa )
13277-010 - Jardim Santo Antonio - Valinhos - SP - Brasil
Tel: (19) 3869-2208